australia_day1.gifDesta vez foi na Austrália, foram acusados a Trading Post Australia, Google Ireland, Google Australia e Google, Inc. de enganar os usuários através dos “links patrocinados”, nos links patrocinados os usuários são convidados a clicar e conhecer produtos e serviços anunciados através do Adwords. Toda vez que buscamos algo através do Google o mesmo mostra links patrocinados que tenham relação com o termo pesquisado, é daí que é gerada a maior parte de receita do Google. Foram publicados anúncios da Trading Post com os títulos “Kloster Ford” e “Charlestown Toyota” que encaminhavam os usuários ao seu site, aí é que está o problema pois a Kloster Ford e a Charlestown Toyota são empresas concorrentes da Trading Post.
O CACC (Comissão Australiana da Competição e do Consumidor) disse que o Google por ter permitido a publicação dos anúncios violou a lei australiana e o caso foi para no Tribunal Federal de Sydney. O porta-voz do Google Australia, Rob Shilkin, disse acreditar que “estas queixas não têm fundamento e que a empresa se irá defender delas vigorosamente”

Parece que não entederam que agora é tarde para “barrar” a gigante da publicidade online.

Fonte: News.com.au